1/1

CASAS MURILLO | Santiago Fernandez + Candida Tabet  Montevideo, Uruguay 

MURILLO HOUSING

fotógrafo / photographer: REINALDO COSER

Premiações / Awards

 

Rethinking the Future 2021 (Winner)

 

 

RTF Awards 2021 Winners Logo.png
Murillo-Housing.jpg
6n3Y3XD.png

O condomÍnio Murillo 6446 é um projeto cuja implantação gerou o seu DNA. Nosso desafio foi posicionar no lote 5 casas de 200m2, distribuídas em dois pavimentos, incorporadas ao bosque existente, minimizando a ocupação do solo.

 

Após estudos complementares de insolação e circulação, concluímos que a planta-tipo em formato de cruz, devidamente rotacionada, viabilizaria nossa intenção de encaixar casas com as majestosas árvores imediatamente próximas. Este procedimento provocou interessante ritmo onde casas idênticas parecem distintas vistas por qualquer ponto de vista. 

 

Passeando por Carrasco, notamos uma forte identidade arquitetônica ali estabelecida na primeira metade do século XX. Entendemos a beleza singela que expõe a sofisticação do coração uruguaio. 

Desta reflexão, decidimos pelos telhados em duas águas e previmos o protagonismo para os espaços externos e ajardinados, envolvendo compromisso ético e estético, respeitando o mundo ao redor.

 

A meticulosa escolha de acabamentos e detalhes construtivos revelam a qualidade plástica que mescla chapa ondulada cinza charcoal, madeira, reboco branco e vidro.

 

No pavimento térreo, sala de estar, sala de jantar e cozinha estão integrados. O volume revestido externamente em madeira contém cozinha e área de serviços completa. Um pátio externo, sob a sombra das árvores, foi destinado às reuniões ao ar livre onde a churrasqueira termina por definir este espaço. Utilizamos neste piso pedras recuperadas da antiga casa. 

 

A sala de Tv está isolada pelo volume central que contém o lavabo social e a escada que conduz ao segundo pavimento. Ali três suítes se comunicam por meio da sala íntima que se projeta sobre a sala de estar na forma de mezanino. Este conjunto está cercado por panos de vidro em dupla altura expostos à vegetação abundante. Este pé-direito duplo próximo às áreas integradas favorece o ar quente subir e, por meio da distribuição das esquadrias que promovem ventilação cruzada, a temperatura interna se mantém fresca e ventilada. 

 

A vidraçaria foi executada com vidros duplos e proteção solar, o revestimento das fachadas formam um espaço entre o fechamento de steelframe que proporcionam isolamento térmico no interior da edificação. 

 

Para o inverno previmos a lareira centralizada na área da sala de estar e seu duto em altura máxima  reverbera calor nos ambientes ao redor. 


MURILLO 6446 é o resultado do pensamento dos arquitetos Santiago Fernandez e Candida Tabet - ele uruguaio, ela brasileira -, que se encontraram pela primeira vez em colaboração mútua para a obra “Luna Llena, em José Ignacio, Uruguai. Desde então a dupla divide autoria em vários projetos. 

The DNA of Murillo 1665 originated in its implementation. The challenge of this project was to position five 200m2 duplex houses in a lot while imposing minimal interference with its existing wooded surroundings thus maximizing its harmony with nature.

A major priority in this project was to keep majestic tress adjacent to each house. After additional studies on flow and natural illumination, we concluded that we could reach our objective by designing a cross shape plan accurately positioned in the terrain.  This procedure resulted in an interesting rhythm where identical houses would have a distinct look from every viewpoint.

The shed style roofing and the emphasis on ethically responsible outdoor living with landscaped gardens bore out of our visit to Carrasco, where we noticed a strong architectural identity established on the first half of the 20th Century with its simplistic beauty and soul.

The alternating wooden and corrugated sheeting façade reveals a visual quality brought about by a meticulous choice of materials and building details such as corrugated charcoal gray sheets, wood, white plaster, glass and native vegetation.

The living and dining rooms are located on the ground level where an exterior wooden paneled volume encases the kitchen and laundry area.

The majestic trees provide soothing shield for an outdoor patio designated for gatherings where the BBQ grill is the main star. The patio floor utilizes repurposed stones from the old house maintaining our commitment to responsible and sustainable design.

The TV room is situated beside the central volume that contains the powder room and the stairs leading to the second floor where three full suites are connected by a mezzanine style family room. The double height wall is comprised of glass panels exposing the abundant outdoors vegetation while providing for cross ventilation thus maintaining the house air fresh and well circulated.

To resolve thermal insulation, we utilized double glass panels with solar protection; and on the façade - either wood or corrugated sheeting - we purposedly left a gap between it and the steel frame.

Murillo 1665 is a thoughtful result of an ongoing collaboration between Uruguaian architect Santiago Fernandez and Brazilian architect Candida Tabet. They first collaborated on a project named “Luna Llena” in Jose Ignacio, Uruguay.